Leitura indispensável sobre a opinião que os colaboradores têm do mundo do trabalho

O relatório The Workforce View 2020, Volume 2, pós‑COVID-19 explora se os efeitos da pandemia impactaram as atitudes dos colaboradores em relação ao atual mundo do trabalho e àquilo que eles esperam e desejam do local de trabalho do futuro.

Assim que a pandemia de COVID-19 começou, no início de 2020, as regras tradicionais relativas a como as pessoas trabalham e às expectativas delas quanto ao futuro foram derrubadas. A incerteza é geral, e há muitos desafios a serem enfrentados, assim como oportunidades a serem exploradas.

À medida que entramos nesta nova fase, o impacto sobre o crescimento econômico e os níveis de emprego ainda é desconhecido, mas as concepções sobre segurança de empregos e poder de ganho estão sendo colocadas à prova.

Ao mesmo tempo, empregadores e trabalhadores também estão encontrando soluções. O trabalho remoto está em alta, as inovações estão se intensificando à medida que as empresas mudam rapidamente suas operações e novas redes de suporte começam a surgir enquanto as pessoas encontram novas formas de interagir entre si.

As decisões que os empregadores tomarem hoje poderão ter um impacto duradouro sobre os próprios trabalhadores e sobre o sucesso comercial. A forma como os trabalhadores se sentem e a maneira como os empregadores preveem e respondem a esses sentimentos podem ser mais importantes do que nunca. Essas duas dinâmicas poderão remodelar o mundo do trabalho para sempre.

A perspectiva dos trabalhadores

A necessidade de estabilidade por parte dos colaboradores é um fator crítico para a formação de tendências no local de trabalho (Yildirmaz e Klein, 20161 ). Com o surgimento da COVID-19, as preocupações com a saúde e a segurança física são contrapostas às preocupações com o bem-estar financeiro e econômico, e o isolamento gerado pelo distanciamento social também vem sendo sentido. Com a compreensão da situação dos trabalhadores ao redor do mundo, podem ser desenvolvidas estratégias para ajudar as pessoas a navegarem pelas mudanças no ambiente de trabalho de forma a se sentirem prontas para aceitá-las.

A perspectiva dos empregadores

Os empregadores têm muito em que pensar: desde setores inteiros que precisaram suspender suas operações e redesenhar modelos de negócios até a manutenção da produtividade em face às mudanças nas formas de trabalho, seja remotamente ou a uma distância social segura. Para outros, em setores essenciais, lidar com a sobrecarga de trabalho gera suas próprias pressões. Em meio a isso tudo, é aconselhável manter o foco no bem-estar dos trabalhadores e na conexão da força de trabalho. O relatório do ADP Research Institute para os EUA, A Post-Pandemic Workforce: Tracking Perspectives Amid COVID-192 (A força de trabalho póspandemia: uma visão das perspectivas em meio à COVID-19), sugere que os empregadores que estão adotando medidas para encorajar a colaboração e a interação social remotas, utilizando mensagens positivas em suas comunicações e se concentrando na segurança, provavelmente serão recompensados com a lealdade de suas equipes.

Para ver os resultados e descobrir mais:

Faça download do relatório